Novo endereço: www.tratamentoludovico.com

Acessem! Posts novos e todo o arquivo!

Piratas não só no cinema

Posted by Murilo Romulo em setembro 28, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Ao melhor estilo medieval, piratas seqüestradores de grandes navios. Algo que soa, de certa maneira, engraçado. Provavelmente, os mais jovens ainda se recordam das histórias de pirata vivenciadas por Chapolin Colorado. Sujeitos maus, armados, que saqueavam viajantes. Falando assim, um leitor pensaria “que coisa idosa, falar de piratas!”. Entretanto, essa prática é comum em mares africanos, mais especificamente na região da Somália.

As águas Somalis são consideradas as mais perigosas do mundo, principalmente pelo alto índice de saques a todo tipo de embarcações que por lá navegam, desde veleiros até petroleiros. Essa prática financia alguns grupos Somalis, que recebem milhões de dólares como resgate. Atualmente, mais de uma dezena de navios estão sob o poder dos piratas. Os seqüestros, porém, acabam não tendo grande repercussão na mídia brasileira, pois são ações que acabam passando despercebidas. Apesar de muito organizadas, as ações são realizadas por grupos marginais. Utilizando lanchas velozes, os piratas abordam navios com muita ousadia.

Na noite da última quinta-feira, um grupo de piratas dominava mais um navio cargueiro, algo rotineiro, de certa forma. Entretanto, perceberam que estavam diante de uma valiosíssima carga; um sonho para uma milícia armada. De bandeira ucraniana, o navio MV Faina, carrega lançadores de granadas; 33 tanques de guerra soviéticos, modelo T-72; além de muita munição. Os equipamentos tinham como destino o porte de Mombaça, no Quênia. O valor estimado da carga é de US$30 milhões.

A ação causou grande repercussão em todo o mundo, principalmente por parte de algumas grandes nações, como Rússia e Estados Unidos. Imediatamente após o seqüestro do navio, forças marítimas de ambas as nações foram deslocadas para controlarem a rota do navio ucraniano. Os russos, que já possuíam um navio de guerra para proteção de seus navios e cidadãos na região, enviaram o navio Dauntless como reforço. Enquanto isso, a Quinta Frota norte-americana enviou o navio USS Howard. De acordo com um porta-voz da Frota, o navio chegou a estar a 8km de distância do navio dos piratas.

O porta-voz dos piratas, Sugule Ali, anunciou que o grupo exige “apenas” o resgate de US$20 milhões. Mais cedo, outro pirata, Januna Ali Jama, exigira a quantia de US$35 milhões. Há indícios de que um russo, tripulante do MV Faina, está morto devido a uma gripe. Somália, um país que há 17 anos não possui um governo central legítimo, sofre muito com os piratas e não tem condições de conte-los. Talvez esse seja um estopim para uma disputa naval entre grandes nações nos mares africanos.

E tem gente que acha que piratas existem só no Caribe…

NOFX – Bob

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: