Novo endereço: www.tratamentoludovico.com

Acessem! Posts novos e todo o arquivo!

Archive for the ‘Música’ Category

Efeito George Bush na eleição de Barack Obama

Posted by Murilo Romulo em dezembro 17, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Barack Hussein Obama, o primeiro negro eleito presidente nos Estados Unidos. Um marco não só para política norte-americana, mas para a política mundial. Há quem busque explicações para o “Fenômeno Obama”. É difícil afirmar que existe uma razão concreta. Provavelmente a explicação mais lógica seja a diferença de Obama para todos os outros presidentes eleitos; afinal, é negro, descendente de muçulmanos. Com o slogan de mudança, tudo se facilitou. Todavia, a mudança proposta pelo presidente eleito vai muito além de sua herança cultural. Como afirmou Arnaldo Jabor logo após a eleições, o principal responsável pela vitória de Obama nas urna é o próprio George Bush. A rejeição do atual governante norte-americano é absurda. Várias de suas grandes decisões e atitudes, como aquelas relacionadas a guerra no Iraque, são bastante contestadas e gera uma rejeição bastante alta. Essa rejeição é consideravelmente alta nos Estados Unidos. No mundo, então, nem precisa dizer. O resultado das eleições foi recebido com festa em vários países do mundo. Os cinco continentes celebraram Obama; os cinco continentes acreditam em Obama; os cinco continentes vêem em Obama uma oportunidade de mudança para consertar as contestadas decisões de George Bush. Não é difícil vermos manifestações com pessoas queimando fotos de George Bush. Bandas norte-americanas, como o Living Things, já queimaram imagens do presidente; algumas outras, como o Rage Againts the Machine, faz duras críticas durante seus concertos. É assim que Bush deixará o poder dia 20 de janeiro de 2009. O mundo quer alguém para colocar um fim na Doutrina Bush, na guerra no Iraque, na proibição do casamento gay. Seria Bush o homem mais odiado no mundo? Talvez sim; ou talvez não. O mundo simplesmente não quer ver mais seu rosto na televisão. Por isso, o mundo agradece a George Bush, por ter feito Barack Obama um fenômeno.

Rage Against the Machine – Know your enemy

Anúncios

Posted in Ética, Geral, Imprensa, Música, Política | Etiquetado: , , , | 2 Comments »

Queen em um verdadeiro show

Posted by Murilo Romulo em novembro 30, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

O palco do Via Funchal, em São Paulo, foi agraciado por receber uma das maiores bandas do mundo. O fato de o show ter ocorrido sem o ex-vocalista Freddie Mercury não foi um fator determinante. O show foi simplesmente…um show; “o” show, talvez. O público presente pôde sentir a presença do lendário vocalista da banda inglesa, ainda que sem a presença física dele. Mesmo que o telão atrás do palco não tivesse passado algumas imagens de Freddie cantando, ele estava em cada lugar, na voz de cada fã que cantou cada palavra das famosas músicas do Queen.

 

Continue lendo »

Posted in Arte, Geral, História, Música | Etiquetado: , , , , , , , | 3 Comments »

Pica-Pau na guitarra – Por Dallton Santos

Posted by Murilo Romulo em novembro 16, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Provavelmente grande parte das crianças já teve oportunidade de assistir a um episódio do desenho do Pica-Pau. Lembro muito bem dos meus tempos de infância, quando assistia desenhos do Pica-Pau, do Pateta e do Pernalonga, meus preferidos entre os desenhos animados mais clássicos. Logicamente, de vez em quando fico lembrando dos bons momentos assistindo os melhores episódios de cada desenho.

 

Há algum tempo, já estou para postar esse vídeo, afinal, gostei muito mesmo. É extremamente complicado e complexo reproduzir a voz humana na guitarra, porém alguns grandes guitarristas, como Frank Zappa, gostavam desse experimentalismo e faziam trabalhos em cima disso. Meu professor (de guitarra, óbvio), Dallton Santos, teve a genial idéia de reproduzir na guitarra as falas de um clássico episódio do Pica-Pau, do Barbeiro de Sevilha. Sem querer puxar sardinha, mas ficou ótimo trabalho. Vale a pena conferir.

Posted in Arte, Bizarro, Geral, Música | Etiquetado: , , | 1 Comment »

O que (ou quem) é Ne-Yo?

Posted by Murilo Romulo em novembro 7, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Na tarde de hoje, por um instante, sofri com um dilema: “Será que eu vivo em outro mundo e sou muito desligado da atualidade musical?”. Confesso que não acreditei muito na hipótese de ser o mais diferente diante daqueles que sabem o que (ou quem) é Ne-Yo. Na dúvida, resolvi esclarecer se eu realmente estou tão desinformado assim; fui direto pesquisar com outras pessoas.

 

Para facilitar uma pesquisa ultra-rápida, usei uma referência total pequena, perguntando para 12 pessoas se conheciam Ne-Yo. O resultado foi surpreendente, diria; surpreendente pela minha “normalidade” dentro de um espaço maior de pessoas. Dentre os 12 seres humanos entrevistados, apenas 2 responderam que conheciam, sendo que, a princípio, um respondera “o que é isso?”; após explicar que era um cantor (sim, ele é um cantor), foi reconhecido. Dos outros 9 entrevistados, todos responderam não saber quem é.

 

A parte mais interessante da pesquisa, entretanto, foram os comentários feitos. Obtive respostas e comentários do tipo “quem é esse?” , “é de comer?”, “diz que é uma banda japonesa” e “achei que fosse um (sic) personagem de anime”. A princípio, a explicação que tive para “Quem é Ne-Yo?” foi “é um cantor negro, que dança muito” (sem nenhum preconceito, por favor). Um dos entrevistados comentou “Eu conhecia um negro que dançava muito, mas ele ficou meio branco nos últimos tempos” (esse sim é preconceituoso; o que ficou branco, não o que respondeu à entrevista). Curiosamente, encontrei informações que dizem que o rapper/dançarino Ne-Yo participará de um CD de Michael Jackson.

 

Enquanto isso, aqueles que não conhecem Ne-Yo seriam alienados? De acordo com o filósofo alemão Karl Marx, alienação seria uma forma de tirar a identidade do ser humano. Para Marx, a alienação se aplicou no trabalho, ao passo que o produto se torna alheio ao sujeito criador. Em uma explicação menos histórica e filosófica, alienação seria uma perturbação mental, na qual tem-se uma perda da identidade pessoal. Acredito que a maioria dos entrevistados não assiste a novelas transmitidas em um grande meio de comunicação, não assiste MTV com freqüência e não é proprietária de um dos 4 milhões de cópias vendidas do primeiro CD do Ne-Yo. Acima de tudo, não lê fofocas a respeito da vida de pessoas públicas, já que o rapper foi preso por dirigir 50 milhas acima da velocidade permitida e com a carteira de habilitação inválida. Isso que chamo de alienação.

 

 

Queen – Radio Ga Ga

Posted in Bizarro, Geral, Inutilidades, Música | Etiquetado: , , , | 8 Comments »

Show do Queen no Brasil!

Posted by Murilo Romulo em novembro 3, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Infelizmente, o lendário vocalista da banda Queen, Freddie Mercury, faleceu em 1991, vítima da AIDS. Nem por isso, a banda deixou de ser uma referência musical em todo o mundo. A carreira construída pelos músicos ingleses é invejável, com shows e fãs ao redor do planeta.

Em 2004, a banda cogitava uma reunião para lançarem algum trabalho. A princípio, não tinham vocalista, até que convidaram Paul Rodgers, referência nos vocais de hard rock nos anos 70, tendo, inclusive, influenciado Freddie Mercury nas vozes do Queen. Ali nasceu uma nova era da histórica banda. O resultado foi o CD The Cosmos Rocks, gravado em 2008 pelos ingleses; um sucesso. Assim iniciaram uma turnê, a priori, européia.

Desde 1985, o Brasil não ouve o som da guitarra de Brian May, que, junto com os outros integrantes do Queen, tocou no Rock in Rio, quando ainda era no Rio de Janeiro. Em 1981, a banda tocara em São Paulo, no estádio do Morumbi.

Apesar do longo tempo sem visitar o Brasil, o Queen está de volta! Dias 26 e 27 de novembro de 2008, o Via Funchal, em São Paulo, será palco para uma das maiores bandas do mundo. Dessa vez, sem Freddie Mercury, é verdade (não conseguiram ressuscitá-lo), mas com a mesma qualidade musical e um repertório simplesmente fantástico. “Bohemian Rhapsody”, “We’ll Rock You”, “We’re the Champions”, “Love of my Life”, “Under Pressure”…

Sem dúvidas, ouvi-las ao vivo, na bateria de Roger Taylor, na guitarra de Brian May e na voz de Paul Rodgers, é algo que vale qualquer esforço (sem absurdos, claro). Provavelmente, é a última oportunidade que terei de assistir ao Queen tocar. Portanto, economias juntadas e meu ingresso garantido. Sim, eu vou dia 27. Prometo que o blog será recheado de detalhes e vídeos do show (se deixarem filmar). Um dia que ficará para a história.

Queen – Hammer to Fall

Posted in Arte, Geral, Música | Etiquetado: , , , , , | 3 Comments »

Isso que é propaganda – Fnac “Ritmos”

Posted by Murilo Romulo em outubro 24, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Ritmos; provavelmente o suficiente para ter uma idéia da campanha publicitária da loja Fnac. O comercial, premiado no Festival de Cannes, foi criado pela agência de publicidade W/Brasil. A intenção era anunciar a inauguração de uma nova loja da Fnac. Diria que a empresa conseguiu, com grande êxito, misturar os ritmos e anunciar a inauguração da loja. Poucas palavras, muita criatividade. Os ritmos das músicas muito bem colocados, de modo que mostra toda a mensagem do comercial.

Posted in Geral, Imprensa, Livros, Marketing, Música, Propaganda | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

A Melhor Música do Mundo para Tirar a Roupa

Posted by Murilo Romulo em outubro 20, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

A roteirista Diablo Cody ficou famosa pelo roteiro do filme Juno, no qual uma adolescente (que leva o nome do filme) engravida de um colega de classe e, mais tarde, consegue um casal para adotar seu filho que ainda nem nasceu. Ficou mais famosa ainda quando foi receber o Oscar pelo roteiro do filme. Cody desfilou pelo tapete vermelho do cinema trajando um nada discreto vestido de oncinha. Suficiente para atrair a atenção de toda a mídia.

A fama da roteirista atraiu a atenção de todos para a autobiografia. Lançada em 2006, o livro acabou de chegar ao Brasil (evitarei propagandas) e leva o nome Minha Vida de Stripper. Diablo Cody, além de roteirista (óbvio), trabalhou por um ano em uma agência de publicidade e em um clube noturno de strippers. No livro (não, eu não li), a roteirista conta suas experiências tirando a roupa profissionalmente.

O mais curioso e intrigante, sem dúvidas, é a lista de “Melhores Músicas para Tirar a Roupa”, elaborada pela autora. Confesso que me espantei ao olhar o top10 da autora, até porque na lista constam músicas um tanto quanto inusitadas, como Back in Black, rock clássico da banda AC/DC. O primeiro posto ficou com músicas de R&B dançante, mais especificamente a música Remix to Ignition, de R. Kelly.

Ainda bem que cada um tem seu gosto.

Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI15103-15254,00-AS+MELHORES+MUSICAS+PARA+TIRAR+A+ROUPA.html

Pantera – Cowboys from Hell

Posted in Bizarro, Cinema, Geral, Inutilidades, Livros, Música | Etiquetado: , , | Leave a Comment »