Novo endereço: www.tratamentoludovico.com

Acessem! Posts novos e todo o arquivo!

Archive for the ‘Poema’ Category

Oposições

Posted by Murilo Romulo em março 15, 2009

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Nasce o novo dia
Dia triste, dia feliz
Dia de lágrimas, dia de sorrisos
Bom e ruim, em um só…

Que eles sejam sempre com belos sorrisos…

Say What! – Stevie Ray Vaughan

Posted in Geral, Literatura, Poema | Leave a Comment »

Olhares II

Posted by Murilo Romulo em fevereiro 27, 2009

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Belos suaves olhos
Tive por uma noite
Seu profundo brilho
E seu doce descanso

Poema Modernista; inspiração mineira. Nada como ler Drummond.

Ira! – O Girassol

Posted in Geral, Literatura, Poema | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

(H)Amor, (H)Amor

Posted by Murilo Romulo em fevereiro 27, 2009

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Odeio o cinismo,
Odeio a minimização
A ética falha,
A passividade

Odeio a infantilidade,
Rejeito o achismo.
Ojeriza à vaidade
E o poder do dinheiro

Odeio os que querem,
Pensam e acham que são
Algo de alguém
Se não sabem quem são

Amo, Amo
Àqueles que são
Os típicos seres,
Seres, seres humanos

Rejeito o óbvio,
Odeio a omissão.
Para não ser implicante,
Amo as vacas

Falta de paciência…

Ira! – Flores em você

Posted in Amor, Arte, Geral, Inutilidades, Literatura, Poema | Etiquetado: , | 2 Comments »

Trem Duplo

Posted by Murilo Romulo em janeiro 19, 2009

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Ah que saudade de Minas
Mina de Minas,
Mas que Minas!
Mas que Mina!

Minas e suas Minas
Tão lindas quanto Minas
Que amo tanto de paixão
Que tenho no fundo do coração

Em Minas tem uma Mina
Uma Mina de ouro
Uma Mina tão preciosa

Em Minas tem uma Mina
Uma Mina maravilhosa
Que queria para mim

Tom Jobim e Elis Regina – Por Toda Minha Vida

Posted in Amor, Arte, Geral, Literatura, Poema | Etiquetado: , , , , | 1 Comment »

Olhares

Posted by Murilo Romulo em outubro 25, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Belos humildes olhos
Que tanto me chamam
Tenho para mim
A saudade de seu brilho


Poema modernista, confeccionado logo após uma aula de literatura, com muita inspiração de Drummond e Oswald de Andrade.

Bad Religion – Los Angeles is Burning

Posted in Arte, Geral, Literatura, Poema | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Stolen Heart

Posted by Murilo Romulo em agosto 20, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Post of May 20th.

Hey girl, can I give a kiss?

I make all you wanna

I give you my life

 

Show me your love

That I take your smile

For all my days

 

 I could sell kidney

Don’t be so bad

I can make you happy

 

Hey girl, you stolen my heart

Take care of me

Or I call my mom

 

 

Title like Queen style. All “manufatured” during some classes.

 

Eletric Funeral – Black Sabbath

Posted in Amor, Arte, English, Foreign, Poema | Etiquetado: , | 1 Comment »

Belas, Flores belas

Posted by Murilo Romulo em agosto 13, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Post de 14 de julho.

Flores são os seres mais deslumbrantes desse mundo.

Flores são da confiança de qualquer outro ser do planeta.

Flores são perfeitas para uma tarde fria, uma manhã quente ou até uma noite chuvosa.

Flores são belas, flores são lindas.

Flores alegram cada manhã de cada novo dia.

Flores embelezam os grandiosos e frondosos campos de nossas terras.

Flores expiram alegria, exalam amor e inspiram minha mente.

Flores são vidas para a morte.

Flores são esperança em um coração desolado.

Flores contam tudo que tem e que podem.

Flores são claras, simples e objetivas.

Flores sinalizam que uma nova vida ali nasce.

Flores soam as doces notas da flauta doce e chorosa.

Flores choram e nos vêem chorar.

Flores derramam suas tristezas, mas nos fazem felizes facilmente.

Flores sorriem, iluminam nossos dias.

Flores, apaixonantes flores.

Flores, o que tem em flores?

Flores, são só…flores.

Flores, belas flores.

Flores…quanto mais vivo e conheço seres humanos, mais amo as flores.

 

Led Zeppelin – Kashmir

Posted in Inutilidades, Poema | Leave a Comment »

Ode à mais bela de todas as Rainhas

Posted by Murilo Romulo em agosto 10, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

A vida ensina com os erros

E com as besteiras que fazemos.

Com as besteiras, me inspiro;

Me inspiro para fazer o melhor.

 

O melhor para ela;

A mais bela entre todas,

Entre as belas, a rainha delas

Hoje, é o dia dela.

 

Belo, dia, da mais bela

Dos olhos que iluminam minha manhã,

Do sorriso que alegra a tristeza.

Das palavras que marcam meu coração

 

Daquela que me mostra o que é amor,

Que clareia meu caminho;

Mostra que a vida é bela,

Bela, como seu olhar.

Posted in Amor, Poema | 5 Comments »