Novo endereço: www.tratamentoludovico.com

Acessem! Posts novos e todo o arquivo!

Archive for the ‘Tecnologia’ Category

E a Coreia do Norte quer mais que o mundo faça testes nucleares

Posted by Murilo Romulo em maio 25, 2009

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Chegou, enfim, o dia que a República Democrática Popular da Coreia realizou seu segundo teste nuclear de grande proporção. Pode-se dizer que esse teste era mais do que esperado por todo o mundo, principalmente após os norte-coreanos expulsarem membros da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) no mês passado. Ainda assim, o anúncio do teste foi recebido com grande estardalhaço por parte da imprensa mundial, com anúncios e condenações, inclusive por parte do Brasil e do Conselho de Segurança da ONU.

A história da Coreia do Norte se inicia com o fim da Segunda Guerra Mundial, com soviéticos e norte-americanos expulsando os japoneses da Península Coreana e ocupando a região. Entre 1950 e 1953, a região foi local de batalhas, terminadas com o estabelecimento de uma região desmilitarizada entre as duas Coreias. Nunca um acordo de paz foi assinado, mas apenas um armistício, sendo que hoje a região fronteiriça entre as duas Coreias possui milhares de soldados de ambos países. A RDPC, hoje, é o país com a economia e política mais fechada e isolacionista do mundo, mantendo o regime comunista baseado no modelo stalinista da extinta União Soviética, o que já é um pressuposto para más relações com alguns países do Ocidente.
Continue lendo »

Anúncios

Posted in Geral, Guerra, História, Imprensa, Tecnologia | Etiquetado: , , , , , , | 3 Comments »

Santa Tecnologia

Posted by Murilo Romulo em fevereiro 20, 2009

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Chegou o tão esperado carnaval. Agora sim o ano começa em nosso país. Após a Quarta-feira de Cinzas, tudo começa a funcionar (ou não). Enquanto isso, assisto às últimas aulas antes do carnaval. Desanimador? Estou de pijamas. Sim, assisto aulas de pijamas hoje. Trote de formatura é assim.

Por sorte existe a tecnologia e consigo roubar internet wifi do colégio para me distrair. Santa tecnologia.

Eric Clapton – Cocaine

Posted in Educação, Geral, Inutilidades, Tecnologia | Leave a Comment »

“O Melhor Pen Drive: É Cheio de Cerveja”

Posted by Murilo Romulo em outubro 21, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

O mundo da tecnologia avança a cada dia e traz tecnologias cada vez mais incríveis e aprimoradas. Há 2 anos atrás um pen drive era algo desconhecido por uma maioria; possuir um, então, era desejo de vários. Lembro muito bem que um pen drive com capacidade de armazenamento de 256mb, ou mesmo 128mb, custavam mais do que R$100. Sem contar o tamanho; um modelo da popular marca Kingston não media menos do que 7cm.

Pouco tempo se passou; hoje temos modelos com capacidade de armazenar 2gb custando R$40 e medindo algo em torno de 2cm. Assustador avanço, eu diria, para tão pouco tempo. Com as novas tecnologias, surgem as inovações, tudo para explorar mercados cada vez mais diferenciados. Depois que vi modelos de pen drive com tema de filme e outro extremamente versátil e robusto que, além de armazenar dados, serve como abridor de garrafas, as inovações desse ramo não me deixam muito espantado.

Quando vi o novo modelo apresentado pela CNK Promotions, confesso que não acreditei. A Creative ‘N Knowledgeable conseguiu superar a todos nos quesitos criatividade e inovação. Cerveja combina com pizza e futebol, é verdade; só não sabia que combinava tanto com informática. Sim, lançaram um modelo que vem cheio de…Cerveja!

O pen drive Multiuso

O pen drive Multiuso

As configurações (e preços) variam de acordo com a capacidade de armazenamento. Há outros modelos do Pen Drive Líquido, que podem variar o líquido que vem contido, porém todos apresentam configurações de 128mb, 256mb, 512mb, 1gb, 4gb e 8gb. Os preços variam entre US$8 e US$40, no exterior claro. Haja criatividade…

Stevie Ray Vaughan – Leave my Girl Alone

Posted in Bizarro, Geral, Inutilidades, Tecnologia | Etiquetado: , | 1 Comment »

Batalha de Gigantes: iPhone x Nokia N95 x Chuchu!

Posted by Murilo Romulo em outubro 18, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Recentemente, muito se fala no último lançamento no mercado de telefonia brasileiro: o iPhone, da gigante Apple. Ótimo, tecnologia de ponta. A grande questão em torno do iPhone, entretanto, é a sua performance quando comparado aos concorrentes. Muita gente sequer sabe que a Apple tem concorrentes no mercado de Smartphones. A resposta é sim; por sinal, concorrentes que estão no mercado há mais tempo e que possuem produtos superiores.

Sei que muita gente vai querer me matar, mas acho o iPhone muito mais marketing do que produto. O fato de haver uma maça na fase traseira do celular faz com que seu preço se eleve absurdamente. No Brasil, um iPhone não sai por menos de R$1500. Não sei ao certo qual o preço em cada operadora, porém, em todas, é o aparelho mais caro; e não é o melhor. Não colocarei muita descrição, mas afirmo com convicção que o Nokia N95 é superior ao aparelho da Apple. A imagem diz tudo…

Para alguns engraçadinhos, eu não estou fazendo auto-promoção perante ao iPhone.

AC/DC – Highway to Hell

Posted in Bizarro, Geral, Inutilidades, Marketing, Tecnologia | 2 Comments »

Opera x Internet Explorer x Mozilla Firefox

Posted by Murilo Romulo em outubro 16, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Como a um tempo atrás postei a respeito de browsers, ou navegadores de internet (como preferir nomeá-los), e havia prometido realizar testes práticos, enfim os realizei e coloco aqui os resultados. De modo geral, as tarefas analisadas são simples e foram realizadas em condições mais próximas possíveis. Para evitar diferença de “momentos”, fiz duas vezes o teste com cada navegador, prevalecendo o melhor resultado de cada um.

Como havia colocado no outro post, o Opera é lindo! Sim, o navegador norueguês da Opera Software bateu tanto o Microsoft Internet Explorer, quanto o Mozilla Firefox, os dois navegadores mais populares. Para realização dos testes, utilizei as versões mais recentes dos três navegadores: Opera 6; Internet Explorer 7 (pois a versão 8 ainda é Beta); e Firefox 3.0.3. Como parâmetros, fiz o download de um arquivo com 7mb, abri a página da Nasa, abri a página do Gmail e, claro, abri a página do Communication Breakdown.

Para fazer o download de 7mb, o Internet Explorer levou 46”82; o Firefox levou 40”65; já o Opera realizou a tarefa em 36”50. O resultado não me surpreendeu tanto, apesar de achar um tanto considerável a diferença entre os dois primeiros. Acredito que poderia (e deveria) ser um pouco menor.

Para realização de uma tarefa mais fácil, abrir o serviço de e-mail do Google, o Gmail, o resultado foi um tanto surpreendente. O Internet Explorer gastou 3”71; o Firefox, 4”49; já o Opera utilizou 3”80. Fiquei decepcionado com o navegador da raposa, achei que poderia ter um desempenho mais próximo do Opera. A principal surpresa, entretanto, foi a rapidez do IE, que ficou em primeiro.

A tarefa mais complicada (e demorada) – abrir a página da Nasa – foi a que resultou em números menos surpreendentes. O Internet Explorer levou demorados 14”94; o Firefox, 8”22; o Opera, 8”49. Os dois primeiros apareceram praticamente empatados, como esperado. Destaque negativo para os 6” de diferença para o IE.

Por fim, os três navegadores deveriam abrir a página que o(a) senhor(a) leitor(a) acessa neste exato momento. Mais uma vez, nada de muito inesperado: Internet Explorer com 5”39; Firefox com 4”89; e Opera com 4”51.

Em linhas gerais, temos o Opera com duas primeiras colocações e dois segundos. Em três casos, o resultado é bastante próximo ao obtido pelo Firefox, que obteve um primeiro, dois segundos e um terceiro. O navegador da raposa deixou a desejar na tarefa mais longa, o download de arquivo. O Internet Explorer demonstrou eficiência ao abrir a página do Gmail, quando foi o mais rápido, porém foi bastante inferior na realização das demais tarefas, obtendo três vezes a última colocação. Assim, ao meu ver, o Opera aparece como o navegador mais “equilibrado” dentre os três, com bons resultados em tarefas curtas e, principalmente, nas mais demoradas.

Edit: Como o Andrei muito bem colocou, não escrevi o “tempo total” de cada navegador. O Internet Explorer gastou 1’10″86; o Firefox, 58″25; o Opera, 53″30.

Blues Etílicos – Salamandra

Posted in Geral, Inutilidades, Tecnologia | Etiquetado: , , , , | 1 Comment »

O Opera é lindo

Posted by Murilo Romulo em setembro 24, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

Não, este post não tratará de nenhum assunto relacionado à música; muito menos algum assunto relacionado à medicina. O real assunto aqui abordado será informática, mais especificamente “suítes de internet”, ou, simplesmente, navegadores.

Os populares, ou nem tanto, navegadores de internet fazem parte do dia-dia dos usuários da grande rede. Acredito que todos os leitores deste blog utilizem algum dos aplicativos disponíveis para visualização de páginas da internet. Este é o problema: existem vários navegadores gratuitos disponíveis para download. Muita gente não sabe o que é um navegador; quiçá, que existe mais de um. Provavelmente, a maioria dos usuários da internet simplesmente utilize “o que vem” no computador que adquire.

A parte ruim disso está no fato do Internet Explorer ser o mais popular entre os navegadores disponíveis, provavelmente porque muitos nem sabem que existem outros. Da parcela que sabe da existência de outros navegadores, grande parte conhece apenas o Mozilla Firefox e, em alguns casos, já ouviram falar de outros. O Internet Explorer domina a internet, sendo utilizado em, aproximadamente, 60% dos acessos; em segundo vem o Firefox, com algo em torno de 35%.

O mercado de browsers, apesar de concentrado, não se restringe apenas aos dois mais populares. Recentemente, a gigantesca Google lançou o Chrome. O sucesso inicial parece não ser tão absurdo, apesar de ser um bom navegador e ter despertado a curiosidade de muitos usuários. O navegador dispõe de ferramentas já existentes em outros, além de ter uma ótima performance nos serviços da Google (por que será?), como Gmail, Orkut e Youtube.

É consenso entre os especialistas e usuários que tem um conhecimento mais aprofundado sobre informática, que o Internet Explorer é o pior entre todos os navegadores. São poucas ferramentas de personalização, o que resulta em uma menor liberdade para o usuário deixar o navegador do “seu jeito”; a lentidão é absurda. Por outro lado, é o navegador com maior compatibilidade nas diversas páginas da internet. Ganhando espaço a cada dia, o Firefox chega a assustar o IE. Entretanto, pouquíssima gente sabe que várias as opções disponíveis no Firefox foram criações do Opera.

O Web Browser produzido pela empresa norueguesa Opera Software é um dos mais antigos navegadores disponíveis, tendo sua primeira versão lançada em 1996. Sempre inovador, o Opera foi o primeiro a possuir a ferramenta Speed Dial, que consiste em uma página que o usuário coloca 12 sites com links diretos para qualquer site, totalmente a escolha. Além disso, o Opera é considerado um dos mais rápidos browsers para Windows, sendo muito rápido também na realização de downloads. Infelizmente ainda não realizei testes com um cronômetro, mas é facilmente perceptível a diferença em relação ao Internet Explorer; já em relação ao Firefox, aparentemente o norueguês é mais rápido, porém a diferença é pequena. Prometo, em breve, realizar testes práticos e postar os resultados.

Interface e página "Speed Dial"

Interface e página "Speed Dial"

Com uma interface agradabilíssima e variadas opções de personalização, o Opera pode ser utilizado em qualquer sistema operacional. Em adição, tem algumas ferramentas bastante eficientes e úteis, como o Feed Preview e o Opera Mail, este último que possibilita acesso aos e-mails ao iniciar uma página, sem a necessidade de realização de login na página de algum servidor, aumentando absurdamente a rapidez do processo.

Por fim, deixo essa dica. O Opera, apesar de muito pouco usado e desconhecido, tem uma qualidade enorme, além de ser bastante leve e ocupar pouquíssima memória. Algumas pequenas mudanças fazem bastante diferença na hora de navegar na internet.

Download do Opera 9.6 Beta1

Stevie Ray Vaughan – Love Struck Baby

Posted in Geral, Tecnologia | Etiquetado: , , , | 1 Comment »

LHC e o desenvolvido ensino brasileiro

Posted by Murilo Romulo em setembro 11, 2008

Clique aqui para ver o post no novo endereço

10 de setembro de 2008. Um dia para a história da humanidade, sem dúvidas. O LHC, sigla de Large Hadron Collider, ou Grande Colisor de Hádrons, entrou em operação ontem, como era previsto, e alcançou êxito em seus primeiros testes. O LHC é o maior acelerador de partículas do mundo, fazendo com que prótons atinjam velocidades muito próximas à da luz. Construído pelo CERN, sigla francesa de Organização Européia para Pesquisa Nuclear, o equipamento está construído a 100m abaixo do nível do solo, na região da fronteira da França com a Suíça.

O equipamento consiste em um grotesco túnel circular com o comprimento de míseros 27km de comprimento. O projeto contou com a colaboração de aproximadamente 8 mil cientistas do mundo inteiro, inclusive brasileiros da Universidade de São Paulo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, da Universidade Estadual de Campinas e da Universidade Estadual Paulista. Estimativas apontam que o custo, até agora, está em torno da bagatela de US$8 bilhões. Além disso, o projeto já durou aproximadamente 30 anos.

Na manhã de ontem, o acelerador realizou o primeiro teste, com partículas contornando toda sua extensão nos sentidos horário e anti-horário. Assim, o primeiro passo para a colisão de partículas já foi dado.

Enquanto vemos cientistas do mundo inteiro afirmando que este foi o dia mais importante para a ciência de todo o século XXI, as coisas não andam tão bem assim aqui no Brasil. Nosso mais famoso acelerador de partículas está no Instituto de Física da USP, o Pelletron. O equipamento não é circular, como o LHC, mas linear, o que restringe bastante o campo de pesquisa. Além disso, atinge de 10 a 15% da velocidade da luz, muito distante dos maiores do mundo.

Concordo sim que é extremamente gratificante ver a participação de brasileiros no projeto do maior acelerador de partículas do mundo. Todavia, do que adianta para nós, brasileiros, um equipamento na Europa? Nossas universidades continuam no Brasil.

O mais intrigante: nosso acelerador de partículas foi instalado em 1972, ou seja, há 36 anos. Desde então, vários outros foram desenvolvidos mundo afora e o Brasil continuou com essa modernidade. Por isso que é loucura comparar nossas universidades com outras ao redor do mundo. Em um sentimento nacionalista, a USP é um centro acadêmico de excelência, referência no mundo inteiro. Na realidade, é um instituto atrasado no tempo.
Chico Buarque – Roda Viva

Posted in Brasil, Educação, Geral, Tecnologia | Etiquetado: , , | Leave a Comment »